sábado, 27 de maio de 2017

O mundo de hoje

O mundo de hoje está dividido entre ONGs e voluntários que fazem todo o tipo de ação colaborativa, solidária ou de proteção a bens públicos X pessoas egoístas que só visam o bem próprio; empresas e empresários inescrupulosos que poluem, exploram o trabalho alheio e burlam as leis X aquelas(es) que olham para a sociedade e o Estado como o ambiente sagrado de seu desenvolvimento; pais que educam e dão amor a seus filhos X filhos abandonados por seus pais e adotados pela marginalidade; pessoas violentas, brutas e ignorantes, que repelem o belo e não questionam a razão de suas vidas X poetas sensíveis à natureza e à beleza escondida nos menores gestos humanos; pessoas que amam e permitem ser amadas X os que nunca encontrarão o amor por serem movidos pelo ódio, a si próprios e aos outros; visionários que transformam o mundo com suas ideias X talentos desperdiçados pelas mais estupidas razões e circunstâncias; religiosos que exercem a sua fé x descrentes de tudo; os que encontram sentido no trabalho X aqueles para quem o trabalho não faz sentido; os que sonham X os que se resignam; uns tantos que chegaram onde queriam X muitos outros que não fazem ideia pra onde ir; os que são X os que somente estão por aí. 

Na verdade, o mundo de hoje divide-se como sempre se dividiu: entre o bem e o mal, os bons e os maus, o bom e o ruim, o certo e o errado, o positivo e o negativo...não há meio termo entre os seus polos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário